• Alexandre Sammogini

Sebrae Previdência oferece suspensão de parcelas de empréstimo aos participantes


O Sebrae Previdência passou a oferecer a opção de suspensão no pagamento de até três parcelas de empréstimos pelos participantes. Com a condição de estar adimplente, o participante pode optar em deixar de pagar as parcelas dos meses de maio, junho e julho. Caso o participante não se manifeste, as cobranças seguirão normalmente. Assim que o prazo de 3 meses de suspensão chegar ao final, todo o saldo devedor do contrato de empréstimo será corrigido pela inflação (IPCA - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) correspondente aos 90 dias, sem cobrança de juros e mora, mantendo-se inalterada a quantidade de parcelas que faltavam para o pagamento do empréstimo antes da suspensão.

“Desde o início da crise econômica desencadeada pela pandemia do Coronavírus, o Sebrae Previdência vem tomando medidas para mitigar os efeitos negativos dessa fase, e desenvolvendo ações com o objetivo de oferecer os melhores serviços e resultados aos participantes dos seus planos, como a isenção de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), conforme previsto no Decreto 10.305/2020, e a flexibilização do prazo para o pagamento das parcelas da modalidade pré-fixada de empréstimo’, diz comunicado (leia mais).

0 visualização

Receba nossas atualizações

Sugestões de matérias e/ou dúvidas:

abrappatende@abrapp.org.br

Nos acompanhe

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Grupo Abrapp