• Bruna Chieco

Refer inicia retorno ao trabalho presencial

A Fundação Refer iniciou a retomada do trabalho presencial em sua sede, no Rio de Janeiro, com uma nova rotina para preservar a saúde de seus empregados. De acordo com comunicado da entidade, desde o início da pandemia, seus serviços foram mantidos de forma remota, e agora está sendo implantado um retorno gradual, com todos os cuidados necessários. Os primeiros a voltarem aos escritórios foram os gerentes que não fazem parte do grupo de risco para a COVID-19, informa a Refer. "Eles foram recebidos pelo Diretor Presidente, Nilton Vassimon, e pelo Diretor de Seguridade, Alcione Soares Menezes Filho, no auditório, respeitando o distanciamento. Na sequência, a Gerente de Recursos Humanos, Patrícia Silva, divulgou as diretrizes para atuar com segurança na sede", diz comunicado da entidade. As medidas de prevenção contra o contágio incluem a sanitização dos ambientes de forma periódica, a distribuição de máscaras para os colaboradores e a colocação de dispensadores de álcool gel por todo o prédio. "A fundação também desenvolveu uma campanha educativa, com cartilha, cartazes e e-mails de orientação aos empregados que estão retornando", reforça o comunicado.


O atendimento telefônico também foi retomado, mantendo o horário especial das 9h às 16h. Já o atendimento presencial continua temporariamente suspenso. O retorno dos demais colaboradores da Refer obedecerá a um escalonamento, evitando a proximidade entre as pessoas e preservando os que fazem parte dos grupos de risco, destaca a entidade. "Será mantido o acompanhamento do cenário para municiar as decisões, que poderão ser revistas diante das necessidades de saúde", complementa o comunicado. Plano de retorno – Apesar de apresentar um plano estruturado de retorno, o caso da Refer não reflete a situação atual de grande parte das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC). Em pesquisa realizada pela Abrapp para entender a expectativa das EFPC sobre o retorno às atividades presenciais após período de isolamento, apenas 33% das 90 associadas respondentes disseram ter plano estruturado de retorno ao escritório. Ou seja, 67% ainda não possuem um plano totalmente elaborado ou estão em fase de elaboração.  Pensando nisso, o Comitê de Recursos Humanos da Abrapp vai preparar um material a ser divulgado, junto ao resultado completo da pesquisa, sugerindo reflexões sobre as práticas que as entidades podem adotar para a retomada. O material está em fase de elaboração pelo comitê e será compartilhado com as associadas nos próximos dias.

0 visualização

Receba nossas atualizações

Sugestões de matérias e/ou dúvidas:

abrappatende@abrapp.org.br

Nos acompanhe

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Grupo Abrapp