• Bruna Chieco

Previ divulga vídeo sobre impactos da COVID-19 no resultado dos planos

Em um cenário desafiador, com a repercussão da pandemia de COVID-19 refletindo na economia, a rentabilidade acumulada do Plano 1 da Previ até fevereiro foi negativa em 2,8%, quanto a do Previ Futuro ficou em -1,78%. "O desempenho de ambos os planos foi impactado principalmente pelo segmento de renda variável, que teve muita volatilidade desde a declaração da pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS)", disse a entidade em comunicado. 

Segundo a Previ, a combinação de uma severa crise de saúde, com perda de milhares de vidas, e uma grave crise econômica ao redor de todo mundo, é importante ressaltar aos participantes que a visão da entidade sempre foi de longo prazo. "Por isso, temos liquidez para passar por esta conjuntura enquanto cumprimos nossa missão de pagar benefícios, sem a necessidade de vender ativos que estão temporariamente desvalorizados", complementou. A entidade comunicou ainda que por mais que seja difícil prever cenários desafiadores, o monitoramento é constante para avaliar e identificar novas oportunidades que surgirem e traçar mudanças de rota que se fizerem necessárias, dando continuidade ao trabalho feito nas últimas décadas.

Assista ao vídeo do Diretor de Investimentos da Previ, Marcelo Wagner, explicando os impactos da pandemia nos investimentos dos planos de benefícios.

0 visualização

Receba nossas atualizações

Sugestões de matérias e/ou dúvidas:

abrappatende@abrapp.org.br

Nos acompanhe

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Grupo Abrapp