• Bruna Chieco

Hack'A'Prev: Relatório final mostra maior visibilidade da previdência perante novos públicos



No relatório final sobre o Hack'A'Prev, primeiro hackathon da previdência privada, é possível aferir os impactos positivos que a maratona gerou para o segmento. Com o objetivo de engajar mais jovens na previdência e buscar soluções inovadoras para as Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC), o Hack'A'Prev teve sua missão cumprida e comprovada em números. Segundo o relatório elaborado pela Shawee, organizadora do evento junto à Abrapp e Conecta, os participantes do evento relataram que sua visão sobre a relevância da Abrapp aumentou de 5,1 para 8,2 após a realização da maratona.


Os participantes deram uma nota geral de 8,2 para o Hack'A'Prev. A maratona, que foi realizada entre os dias 29 de maio e 3 de junho, reuniu 373 participantes, sendo a maioria da área de engenharia e desenvolvimento, mas incluindo também profissionais de UX, business, marketing e especialistas em previdência privada. 


Entre a média de idade dos participantes, predominou os que tinham entre 18 e 24 anos (35,5%), seguidos por participantes entre 25 e 34 anos (34,1%), e de 35 a 44 anos (23,1%). Apesar do hackathon ter sido composto por uma maioria de profissionais já atuantes em empresas, 29,3% eram estudantes, o que mostra ainda maior aproximação com um público jovem, que está ingressando no mercado de trabalho. O Hack'A'Prev também reuniu pessoas de 23 estados brasileiros, além de participantes que moram em outros países.


Sobre a experiência em hackathons, a maioria dos participantes estava participando da primeira maratona desse tipo (33,%), ou já havia participado de pelo menos uma (21,8%), contando também com participantes experientes que acumulavam de dois a mais de seis hackathons. Além disso, 80,9% dos participantes foram até o fim da maratona e entregaram o projeto, e 98% disseram que participariam novamente de um hackathon.


Conhecimento e networking – Para 51,9% dos participantes, o nível de novos conhecimentos trazidos pelo Hack'A'Prev foi máximo, enquanto 43,5% avaliam que a maratona proporcionou networking e novas conexões. A maioria (83,2%) diz ter participado de mentorias, sendo que no total foram realizadas 96 mentorias com 22 mentores durante o hackathon. 


Um dos mentores que participou do lado dos especialistas em previdência foi o Diretor de Clientes e Inovação da Fundação Viva de Previdência, Nizam Ghazale, que concedeu entrevista ao blog Abrapp em Foco sobre sua experiência (leia mais). Nos próximos dias divulgaremos mais entrevistas com outros mentores sobre os aprendizados adquiridos durante o Hack'A'Prev.


Além disso, entidades como Previ e Petros tiveram seus colaboradores participando de equipes, com projetos que ocuparam o Top 10 do Hack'A'Prev. Conheça mais sobre os times e ferramentas que ficaram nas primeiras posições na maratona.

0 visualização

Receba nossas atualizações

Sugestões de matérias e/ou dúvidas:

abrappatende@abrapp.org.br

Nos acompanhe

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Grupo Abrapp