• Bruna Chieco

Fundação Libertas adia contribuições de patrocinadora

O Conselho Deliberativo da Fundação Libertas aprovou, a pedido da Copasa, o diferimento das contribuições da patrocinadora ao Novo Plano Copasa nos meses de maio, junho e julho. Os valores serão recolhidos ao plano nos meses de agosto, setembro e outubro deste ano, com as devidas atualizações conforme variação mensal da respectiva cota patrimonial, diz o comunicado da entidade. A decisão foi tomada, por unanimidade de votos, após análise da recomendação da Diretoria Executiva da fundação e fundamentada por parecer atuarial e jurídico.

A medida excepcional decorre do cenário de redução significativa da atividade econômica, incluindo a de saneamento, por conta da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). A crise impactou na geração e recebimento de receitas por parte da Copasa, dificultando, assim, o pagamento de suas obrigações, informa a Fundação Libertas. "É importante esclarecer que o diferimento dessas contribuições não trará prejuízo aos participantes, uma vez que a Copasa se comprometeu com o pagamento dos respectivos valores devidamente corrigidos pelos índices utilizados na atualização dos saldos de conta dos participantes no período correspondente", reforça a entidade.

A Libertas diz ainda que, para fins de transparência dos atos relacionados a esse diferimento, as contribuições da patrocinadora referentes aos meses de maio, junho e julho poderão ser visualizadas no “Extrato de Movimentação” dos participantes apenas quando ocorrerem os respectivos pagamentos, em agosto, setembro e outubro. O extrato está disponível no site da fundação, na seção de Autoatendimento.

0 visualização

Receba nossas atualizações

Sugestões de matérias e/ou dúvidas:

abrappatende@abrapp.org.br

Nos acompanhe

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Grupo Abrapp