• Bruna Chieco

FIPECq tem rentabilidade positiva em abril e maio

Os planos de previdência administrados pela FIPECq retomaram rentabilidade positiva nos meses de abril e maio, após a queda dos mercados financeiros no mundo todo no mês de março decorrente da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). O Plano de Previdência Complementar (PPC), da modalidade Benefício Definido (BD) que recuou 5,21% em março, teve retorno positivo de 2,18% em abril e de 0,45% em maio. Com isso, o resultado acumulado nos primeiros cinco meses do ano foi negativo em 1,87%.  Os resultados fizeram com que o déficit de R$ 40 milhões registrado em março fosse reduzido para R$ 16 milhões no mês de maio. “Sem sobra de dúvidas, uma expressiva redução de 60% em apenas dois meses”, afirma Claudinei Perez, Diretor de Investimentos, em comunicado. O Plano FIPECqPREV, plano de Contribuição Definida (CD) da entidade, também apresentou rentabilidade positiva nos meses de abril e maio, respectivamente, de 2,05% e 1,09%.  Apesar do cenário ainda complicado, a FIPECq ressalta que está bem posicionada para buscar rendimentos acima do mercado até o fim deste ano. “Continuamos o monitoramento do mercado, de forma permanente, e realizando atualizações dos estudos para a melhor alocação dos recursos dos planos em renda fixa, variável e multimercado”, conclui Perez.

0 visualização

Receba nossas atualizações

Sugestões de matérias e/ou dúvidas:

abrappatende@abrapp.org.br

Nos acompanhe

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 por Grupo Abrapp